Como saber se estou em um relacionamento abusivo?

 Um relacionamento abusivo não envolve somente violência física, mas também psicológica (que muitas vezes acontece de maneira velada). Então como podemos identificar os sinais de um relacionamento abusivo? É importante avaliar o seu relacionamento e entender até onde você pode estar sofrendo sem perceber.

É importante identificar esse tipo de comportamento porque eles podem passar despercebidos quando não temos a consciência de que eles existem, afinal, são tão comuns que costumam ser aceitos pela sociedade.

Será que essa relação é saudável? Você se sente fragilizada ou culpada? Veja alguns indícios de que você ou alguém quem você ama pode estar sofrendo um relacionamento abusivo.

Leia também: 30 desafios de autoestima e amor-próprio

sinais-de-relacionamento-abusivo-toxico
Como saber se estou em um relacionamento abusivo?

Sinais de relacionamento abusivo

  •          Seu parceiro (a) te isola do convívio com seus amigos e familiares ou já pediu para excluir determinadas pessoas em suas redes sociais?
  •           Ele te coloca em situações constrangedoras na frente de seus amigos e familiares?
  •           Ele a faz se sentir incapaz de tomar decisões sozinha?
  •          Te faz sentir culpada pelas suas decisões?
  •         Já controlou a roupa que você usa?
  •         Já te impediu de falar com certas pessoas?
  •         Desincentiva e diminui suas realizações, sonhos, objetivos e conquistas?
  •        Faz você acreditar que você não é nada sem ele? Que ele é a única pessoa no mundo que vai e amar e NINGUÉM MAIS VAI TE QUERER?
  •          Usa de intimidação, pressão, ameaças ou chantagens para conseguir as coisas?
  •          Tenta te proibir de fazer as coisas que gosta?
  •          Usa o fato de estar drogado ou alcoolizado para te humilhar e falar coisas horríveis?
  •          Te força a ter relações sexuais sem que você queira?
  •          Faz chantagem emocional? Ameaça tirar a própria vida caso você termine o relacionamento?
  •          Liga várias vezes para saber onde você está ou com quem está?
  •          Ele (a) te faz se sentir inferior a ele, te chama de “burra”, “feia” ou qualquer outra ofensa?
  •          Tem vergonha de andar com você em público?
  •          Chora para pedir seu perdão e depois faz tudo de novo?
  •          Já te empurrou, te agrediu e ainda a fez se sentir culpada por isso?
  •          É ciumento e possessivo e justifica esse comportamento “porque te ama”?
  •          Faz você se sentir tratada como objeto?
  •          Está sempre criticando algo em você: cabelo., roupa, idéias, decisões?
  •          Tem pavio curto e explode com facilidade e ainda te culpa por explodir?
  •          Te chama de louca e faz questionar sua sanidade mental?

O fato de de alguém dizer “eu te amo” ou te dar flores não pode ser para você um motivo para permanecer em uma relação abusiva. Um gesto considerado romântico não anula o fato de que você possa estar sofrendo violência psicológica, física ou patrimonial.

Não romantize quem faz mal a você, porque dentro de um relacionamento abusivo pode existir muita coisa, menos amor.


Leia também: >>  Case-se primeiro com você

                               Como ter amor-próprio e autoestima?


Comentários

Postagens mais visitadas